Condominio Villa Bella

Condominio Villa Bella

domingo, 10 de junho de 2012

Reduzir o consumo de carne em prol do meio ambiente

A algum tempo atrás li esta reportagem sobre o consumo de carne e o impacto ao meio ambiente leia e de sua opinião,se você não consegue deixar de comer carne pelo menos escolha um dia da semana e não coma e veja como se sente. 


Um quilo de carne custa bem mais para o meio ambiente que para o nosso bolso


Marina Paschoalli


mahpaschoalli@gmail.com
Todos sabem quanto custa um quilo de carne, mas o custo ambiental desse mesmo quilo de carne, nem todos conhecem. É este quadro que a Campanha Segunda Sem Carne, lançada nos dias 3 e 4 de outubro em São Paulo, visa alterar.
Um quilo de carne bovina é responsável por 10 mil metros de floresta desmatada, responsável também pelo consumo de 15 mil litros de água limpa, emissão de dióxido de carbono e metano na atmosfera, contaminação do solo e de lençóis freáticos por substâncias tóxicas, entre outros. É o que afirma a cartilha, lançada no site da Campanha, sobre os impactos ambientais do uso de animais para alimentação.
Os impactos ambientais da produção da carne foram a principal razão para a jornalista Katarini Miguel aderir ao vegetarianismo. “Nunca fui uma pessoa vidrada em carne, eu comia por convenção, mas fui tomando conhecimento dos malefícios do consumo de carne para o meio ambiente, os impactos para o aquecimento global, a destruição de áreas de florestas para dar lugar às pastagens, e fora o sofrimento dos animais que vão para linha do abate”. Katarini conta que após assistir ao documentário "A carne é fraca", do Instituto Nina Rosa, ela despertou realmente para uma mudança de comportamento e parou de consumir carne.
Divulgação
”campanha”
A Campanha Segunda Sem Carne se apóia nos impactos ambientais do consumo de carne para alimentação
De acordo com a bióloga do Instituto Ambiental Vidágua, Fernanda Abra, ser vegetariano é uma grande mudança de hábito que reflete no bem estar físico e no meio ambiente. “Algumas pessoas param de comer carne como protesto sobre todos os impactos que a pecuária causa no meio, por exemplo, mais de 3 mil hectares da Floresta Amazônica são desmatados por ano para criação de gado, e as queimadas colocam o Brasil entre os 5 maiores poluidores do mundo”, explica Fernanda.
fonte:http://www.livrevista.com/article.php?id=867

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante,comentários maldosos e grosseiros serão excluídos.